AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Bom dia - Itabira, sexta, 14 de maio de 2021 Hora: 10:05

COLUNISTAS
Marcos Gabiroba e a crônica da semana “Uma reflexão para o ano que termina e outro que chega”
28/12/2020

Hoje, parei, pensei e resolvi pensar um pouco no que foi minha vida neste ano que hora se finda.

As reflexões deste momento representam muito para mim, pois é através delas que poderei ter consciência dos meus atos durante o ano que está próximo, 2021. Posso dizer que com certeza a minha felicidade continua a ter sua base em três pilares: amor, saúde e carreira. Muitos podem me perguntar e o dinheiro não tem lugar na sua vida, e a eles respondo serenamente, lógico que tem, mas na medida certa.

Digo isto, pois para mim o dinheiro é importante para adquirir conforto material e passa longe quando falo de satisfação espiritual e de momentos que são verdadeiramente importantes na minha vida. Portanto posso afirmar que este ano que chega ao seu final, apesar da Covid-19 e outros percalços que a vida nos oferece foi bom, muito bom em todos os aspectos, independentemente da ordem dos eventos a conclusões finais, é só uma: Ano Maravilhoso, senão quase!

Penso que todos deveriam fazer um balanço do ano, para avaliar suas atitudes, suas ações em prol do próximo, enfim, para saber avaliar se suas e nossas atitudes visaram o amor ao próximo e ao bem comum.

Sempre me pergunto o quanto faço para ajudar àqueles que verdadeiramente precisam e a outros com necessidades maiores ainda, e isto é muito importante para mim e para aqueles que assim agem com o semelhante, nosso irmão, querendo ou não como determina o Mandamento Maior que o Pai Celeste, nos ensinou e mandou-nos assim fazê-lo, ou seja, ajudando sempre a quem realmente precisa e, se possível, não se preocupando caso assim não puder, ou não tiver condições, mas não atrapalhar a quem possa realizar o sonho de alguém, não é mesmo?

Gente boa possui em todos os lugares e corações enternecidos existem por toda parte deste mundo de Meu Deus, não esquecendo que o joio também está em toda parte, mas isto é outra estória. Desejo e quero seguir o meu destino que Deus traçou em minha vida, e para tanto não viverei de opiniões alheias que por muitas vezes só servem para atrapalhar e muitos poucos a ajudarem a consertar erros de percurso. Perdão pede-se por antecedência, caso não seja compreendido nesta crônica. Durante este ano que se finda a vida me proporcionou conhecer pessoas maravilhosas e agradeço a Deus por isso. A minha felicidade foi grande em relação a minha família e a meus amigos. Eles sempre foram meus baluartes nas horas incertas e de desânimo, Desejo ressaltar que por muitas vezes somos levados a pensar negativamente, mas o segredo é mentalizar tudo o que é positivo, tudo que nos faz feliz, esta é a minha receita para o sucesso em todos os campos da vida.

Neste final de ano me sinto cada vez mais próximo do meu sonho, a minha carreira foi sempre abençoada e evoluiu de forma que poucas pessoas que não acreditavam em minha administração, hoje reconhecem o fruto da Graça de Deus em nosso trabalho árduo, porém, me deixa extremamente satisfeito, podendo responder, com responsabilidade que não a trocaria por nenhuma outra que melhor aprouvesse, acrescido do prazer de escrever crônicas fundamentadas que nenhum dinheiro deste mundo, me traria mais felicidade do que as possuo quando as escrevo.

Resolvi registrar esta reflexão intima, pois acredito que tudo que é importante merece ser lembrado e a melhor forma de fazê-lo, é escrevendo, graças a Deus.

Agradeço a Deus por ter me concedido o talento para escrever e o mais importante para mim, ter nascido advindo da família que pertenci e da minha família que constitui. Sim, nascer com coragem para vencer obstáculos e tudo mais que a vida me ofertou até agora e me permitido tornar-me um homem sensível, de garra que consegue ler a alma, entender as emoções humanas, enfim ser uma pessoa que consegue expressar em folhas de papel um sentimento verdadeiro.

Depois desta reflexão, só posso agradecer a Deus por tudo que aconteceu neste ano comigo, principalmente por passar pela Covid-19 sem ser atingido, e ter a certeza de que com fé, muita esperança, com pensamentos positivos e muito amor ao próximo, alcançarei as bênçãos do Pai Eterno aos objetivos a que me propus para minha vida material e quiçá, para a vida eterna.

Como sabemos, a cada fim de ano, este nos traz a oportunidade de fazer avaliações e balanços da vida e de traçar metas para o novo ano. Simplesmente dizer para si mesmo “Ano Novo, Vida nova” é pura balela. Ao avaliarmos o ano que passou, olhando para trás, às vezes, procurando entender as experiências que, pela graça de Deus, temos caminhos que o Senhor nos permite andar, as lições que podemos aprender com cada situação, que nos revela um resultado, na maioria das vezes, todos, extremamente positivos, apesar dos joios, alguns pelos caminhos da vida.

Assim é a vida, não é mesmo? Trigo/joio; bem/mal; sim/sim/; não/não; quero/não quero; aceito/não aceito; positivo/negativo e por aí afora.

As experiências que vivemos neste ano que se finda podem-nos levar para mais perto de Deus, nos ajudado a crescer e amadurecer, a abençoar nossa família, os amigos e colegas, mas podem também ter-nos dado prejuízos. Quando crescemos espiritualmente e fomos uma bênção para os outros, diante de Deus crescemos, mas quando agimos como o levita ou o sacerdote ao menosprezar o bom samaritano, somos nada mais nada menos como o joio. Já pensou nisso?

Na vida, devemos sempre estar aprendendo lições, estas vindas pelo amor, caso contrário, também aprendemos pela dor. Por isso, amigos e amigas ouvintes de nosso encontro semanal, ainda, há tempo, aproveitem este fim de ano para avaliar o que passou e corrigir os erros, antes que seja tarde, tarde demais, pois como se expressa uma canção popular, “o tempo não espera”. Hoje ainda podemos nos avaliar e a certeza de que um dia Deus nos avaliará, porém, tendo Jesus, nosso Deus e Senhor como nosso advogado, sabendo que um dia Ele será nosso Juiz.

Pensem nisso e até o próximo ano, se Deus quiser!








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2021. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.