AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa tarde - Itabira, quinta, 22 de outubro de 2020 Hora: 16:10

POLÍCIA
PM prende acusado de matar Padre com requintes de crueldade a facadas e fogo em Manhumirim
15/10/2020

MANHUMIRIM(MG)-Desde o início das diligências, para apurar as causas da morte do Padre Adriano de Simonésia, a Polícia Militar começou a reunir informações que pudessem contribuir para a identificação dos autores.

De acordo com as informações uma das equipes que estavam no rastreamento, se recordou que cerca de uma hora antes da localização do corpo, abordaram próximo ao local dos fatos um indivíduo 22 anos, na companhia de um menor de 16 anos, e o autor apresentava certo nervosismo e estava com um corte na mão esquerda. Devido ainda não ter chegado ao local onde o corpo estava, liberaram os abordados.

Após a mensagem da localização do corpo ser transmitida na rede das viaturas, outra equipe da Policia Militar relatou que teria visto este indivíduo de 22 anos, em data anterior, entrando no carro da vítima em Manhumirim.

Diante disso, Militares se deslocaram até a casa do suspeito, sendo localizado. Durante conversa a princípio ele negou os fatos, porém, ao ser questionado, por várias vezes entrou em contradição e ao final acabou assumindo ter matado o padre, alegando que teria conhecido o Padre em Manhumirim, na ocasião fez um "programa sexual" com ele no mesmo local onde foi encontrado morto, na ocasião a vítima pagou a ele R$ 50,00 reais pelo programa, onde acabaram marcando outro encontro para esta terça-feira (13) naquele local. Por volta de 13h realizaram o novo programa sexual combinado, mas no momento de realizar o acertar que dessa vez havia sido combinado por R$ 100,00 reais, o Padre disse que não tinha o dinheiro, diante da negativa, por ele estar de posse de um canivete desferiu os golpes contra a vítima que ficou caída no local.

O suspeito assumiu ainda ter retornado ao local nesta quarta-feira, para queimar o corpo para não deixar pistas do crime, ele recebeu voz de prisão. O adolescente que estava junto ao suspeito do crime, alegou não ter participado de nada, porém sabia do fato e não falou nada com ninguém, motivo pelo qual também foi detido e apresentado na Delegacia de Policia Civil acompanhado de seu pai.

A perícia da Policia Civil constatou 14 perfurações proveniente de objeto cortante uma possível faca, sendo sete no peito e outras sete nas costas, no local foi percebido forte cheiro de um produto inflamável usado para queimar o corpo.

Questionado sobre o paradeiro do veículo, o suspeito contou que um parente seu, teria levado o carro da vítima para o Estado do Rio de Janeiro. O suspeito e o menor foram conduzidos para a Delegacia de Manhuaçu para demais providências.

Asnoticiasonline.com.br








construtorakellesduarte
INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2020. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.