AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Bom dia - Itabira, segunda, 19 de agosto de 2019 Hora: 09:08

ESPORTE
Cruzeiro faz grande segundo tempo, vence Coritiba e se aproxima do G-6
26/06/2017

Com gols de Thiago Neves e Rafael Sóbis, Raposa encerrou sequência de três jogos sem vitória no Brasileiro.

THIAGO PRATA

@SUPERFC

Xô, zona de rebaixamento! Vida nova à Raposa! Depois de três partidas consecutivas sem ganhar e vivenciando um início de pressão, o Cruzeiro voltou a sorrir no Campeonato Brasileiro, bateu o Coritiba por 2 a 0, no Mineirão, chegou a 14 pontos e ganhou moral para começar, quem sabe, uma arrancada visando ao G-6 da competição nacional.

Assim como se deu no empate em 3 a 3 com o Grêmio na última segunda-feira, a dupla Thiago Neves e Rafael Sóbis assumiu o protagonismo. Foram dos pés deles que saíram os dois gols dos azuis na tarde deste domingo, um na conta de cada um. Mas é impossível deixar de ressaltar o papel de “coadjuvante de luxo” destinado a Diogo Barbosa.

O lateral-esquerdo, um dos destaques cruzeirenses nos primeiros meses do ano, vinha devendo atuações mais convincentes nos embates mais recentes. Porém, diante do Coxa, o camisa 6 teve participação determinante para o triunfo, com uma assistência e construindo boas jogadas pelo flanco canhoto e pelo meio. Só faltou um golzinho para coroar a grande performance no gramado.

Defensivamente, no entanto, fica uma ressalva. A bola aérea defensiva continua sendo um problema aos celestes. Uma situação que Mano Menezes precisará corrigir urgentemente se quiser ver sua equipe trilhando um caminho de sucesso na competição.

O Cruzeiro volta suas atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira, às 21h45, a Raposa encara o Palmeiras, em São Paulo, pela partida de ida das quartas de final. O próximo duelo pelo Brasileirão será no domingo que vem, às 16h, no clássico diante do Atlético, no Independência.

O jogo. Bola área na defesa do Cruzeiro virou um “Deus nos acuda”. É impressionante o quanto o time vem sofrendo com esse tipo de jogada no Brasileirão, sobretudo nos últimos duelos. Contra o Coritiba, isso ficou notório novamente. O time contou com Fábio e com a sorte para não sofrer gol desta forma no primeiro tempo diante do Coxa. Parte da torcida não perdoou e vaiou o zagueiro Léo.

A pressão alviverde era impressionante. Até que aos 37 min, Thiago Neves tirou a equipe celeste do sufoco. Após boa trama arquitetada com a raça e a técnica de Diogo Barbosa e Alisson, figuras importantes na etapa inicial, a bola ficou para o camisa 30 que mandou para as redes: 1 a 0.

O segundo tempo exibiu um Cruzeiro bem superior, em busca do segundo gol. Quase toda finalização do time azul era seguida de uma ótima defesa de Wilson, gritos de “uh!” e aplausos vindos da torcida da Raposa. O segundo gol estava próximo de nascer. E nasceu por meio de Sóbis, com direito a dribles sobre o arqueiro do Coxa e o lateral William Matheus antes de ampliar o placar aos 19 min. Cabia mais. Mas o torcedor saiu satisfeito.








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2019. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.