AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, domingo, 15 de setembro de 2019 Hora: 21:09

ESPORTE
Cruzeiro luta, mas sai derrotado pelo Corinthians em Itaquera
15/06/2017

THIAGO PRATA

@SUPERFC

Com um pouco mais de capricho no último passe e nas finalizações, o Cruzeiro poderia ter saído de Itaquera, na noite desta quarta-feira, com, no mínimo, um empate com o Corinthians. A arbitragem também atrapalhou ao não assinalar um pênalti no segundo tempo, num lance em que Ábila foi puxado dentro da área. Mas como futebol e justiça nem sempre andam lado a lado, o poderio do Timão no Itaquerão falou mais alto. Com um gol de Balbuena, o alvinegro levou a melhor por 1 a 0, se mantendo na liderança do Brasileirão, agora com 19 pontos.

Com o resultado, os azuis caíram duas posições. A Raposa ocupa o oitavo lugar na classificação, com dez pontos.

O time celeste busca a reabilitação na próxima segunda-feira, às 20h, contra o Grêmio, no Mineirão, pela oitava rodada da competição nacional.

O jogo. O Cruzeiro fez um primeiro tempo equilibrado taticamente em boa parte do primeiro tempo, se defendendo bem e anulando as principais armas do Corinthians – embora ofensivamente pouco tenha agredido o adversário. Até 42 min da partida, quando, por meio de uma bola parada, o alvinegro chegou ao primeiro gol.

Após escanteio cobrado por Jadson, Balbuena subiu mais que todo mundo para cabecear no canto esquerdo de Fábio. Um erro de todo o sistema defensivo celeste, uma vez que ninguém acompanhou a movimentação do zagueiro do Timão. Um fato lamentável e ao mesmo tempo irônico a uma equipe que vinha tão bem coletivamente.

Melhora e erros. Para tentar mudar o rumo da história, Mano Menezes colocou Alisson no lugar de Henrique na saída do intervalo. A modificação deixou o Cruzeiro mais lúcido no ataque, mesmo que ainda faltasse capricho nas conclusões. Na retaguarda, brilhava a estrela de Fábio, protagonista de ótimas defesas.

Recuperado de lesão e novamente relacionado para uma partida, Sóbis entrou na vaga de Rafinha. O camisa 7 até entrou com vontade e deu sua contribuição. Só que o rendimento abaixo do esperado de algumas peças, como Ábila e Thiago Neves, aliado a um pênalti não assinalado pela arbitragem sobre o centroavante argentino, foram cruciais para que o triunfo corintiano por 1 a 0 perdurasse.








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2019. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.