AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa madrugada - Itabira, segunda, 16 de setembro de 2019 Hora: 03:09

ESPORTE
Ábila marca dois, Cruzeiro vence Atlético-GO e Mano respira no comando
11/06/2017

Resultado fez o clube subir para o sexto lugar na tabela de classificação; time vinha de duas derrotas, mas conseguiu se reabilitar.

ANTÔNIO ANDERSON

@SUPERFC

O Cruzeiro aliviou a pressão que estava vivendo após as derrotas seguidas para Chapecoense e Bahia pelo Campeonato Brasileiro. Jogando na noite deste domingo no Mineirão, a equipe celeste bateu o Atlético-GO por 2 a 0, gols marcados pelo atacante Ábila, artilheiro do clube com 14 tentos na temporada. O resultado fez o clube subir para o sexto lugar na tabela de classificação e deu um alento ao técnico Mano Menezes, que vinha sendo bastante cobrado devido aos maus resultados na competição nacional.

O jogo

A preocupação antes do jogo era se o time havia aprendido com os reveses. Para quem almeja brigar pelo título nacional, perder seis pontos para Chapecoense e Bahia não estava nos planos. Para complicar a situação, o técnico Mano Menezes ainda foi obrigado a fazer mudanças na equipe titular por causa das lesões dos zagueiros Dedé e Manoel e do meia Alex , da suspensão do meia Henrique e da ausência do zagueiro Caicedo, que está com a seleção equatoriana.

Formado na categoria de base, Murilo foi escolhido por Mano Menezes para compor a zaga com Leo. Lucas Romero ganhou a vaga de titular no lugar de Henrique, enquanto que Rafael Marques começou como titular no lugar de Alisson, que ficou como opção no banco de reservas. Apoiado por sua torcida, a equipe celeste tratou logo de tomar a iniciativa do jogo pressionando o Atlético-GO.

O Cruzeiro teve mais a posse de bola, trocava passes no meio meio-campo e pelas laterais, mas esbarrava na forte marcação da equipe goiana, que jogava fechado e tentava levar perigo nas jogadas de contra-ataque. Sem conseguir entrar na defesa adversária, a Raposa criou algumas chances em finalizações da intermediária. Em uma delas, aos 28 min, Thiago Neves acertou o travessão.

O placar em branco no primeiro tempo não agradou a torcida cruzeirense. Uma parte dela chegou a ameaçar uma vaia na saída dos jogadores do gramado. Na volta para etapa complementar, Mano Menezes tirou o atacante Rafael Marques para a entrada do meia Alisson, que mudou a história do jogo.

Melhor em campo, a equipe celeste tanto pressionou o Atlético-GO que acabou abrindo o placar aos 16 min. Alisson tabelou com Thiago Neves e tocou para o atacante Ábila, que bateu e a bola entrou no canto direito do gol de Felipe. Em desvantagem, o time goiano se arriscou ao ataque, mas foi o Cruzeiro, aos 34 min, que ampliou e definiu o placar em uma cobrança de penalidade sofrida por Alisson e convertida por Ábila.

OTempo








construtorakellesduarte
INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2019. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.