AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, sábado, 16 de dezembro de 2017 Hora: 20:12 Compra dólar: R$ 3,307
Venda dólar: R$ 3,309
Converter dólar em reais: 0.00 reais.
22 ºC
Velocidade do vento: 6.44 km/h
Nascer do Sol: 6:9 am e pôr do Sol: 7:28 pm

COLUNISTAS
Marcos Gabiroba e a crônica da semana “Churrascaria varanda, uma jovem cincoentona”
03/10/2017

A data do jubileu de ouro do Restaurante Varanda é desses acontecimentos que falam ao coração desta Terra de Tutu Caramujo e particularmente, à alma da população itabirana.

Por isso mesmo, as comemorações não deverão ficar restritas ao centro da cidade ou àqueles que gravitam em torno da empresa, cuja conduta nesses cinquenta anos de existência mantém inalterados os salutares princípios que guardam a marca e o sinal de seu fundador, Olinto Fortunato dos Santos, o Olintão.

Ao cunhar como tudo aquilo que se refere a um conceito de valor ou o que constituiu os valores predominantes em uma sociedade, inicialmente, em 1967, junto ao seu cunhado, Antonio Machado de Castro, por iniciativa de ambos começaram a oferecer bebidas e tira-gostos para seus colegas de trabalho, então, como funcionários da CVRD, num pequeno boteco denominado “Quebra Cabeça”, num porão de uma casa próximo à Igreja da Saúde. O nome “Quebra Cabeça” foi dado ao local por causa de uma viga de madeira que escorava o telhado. Muito baixa a viga era um ponto onde todos que adentrassem ao boteco, sem perceberem topavam com a testa na viga da porta, causando a todos um desconforto, além das dores. Por isso, o local tomou o nome de “Quebra Cabeças”, Com o sucesso do pequeno negócio, Olintão e seu cunhado, resolveram arrendar um bar que existia próximo ao Edifício Mafra, isto é, numa garage de um rústico prédio de dois andares. Com as melhorias implantadas pelos sócios o local passou a denominar-se “Bar e Restaurante Santo Antonio”, agora, já sob o tempero de Dorah, famosa cozinheira, uma especialista nessa iguaria. O “Bar e Restaurante Santo Antonio”, através da fenece de Olintão e Antonio Machado crescia no conceito do povo, em qualidade e quantidade de novos clientes. Durante alguns anos ali permaneceu, até que por ironia do destino, numa fatídica tarde noite o prédio foi consumido pelas chamas de um incêndio sem proporções.

Tudo foi perdido, nada sobrou, porém, ninguém foi vítima. Todos que estavam no pequeno prédio se mobilizaram e saíram ilesos sob os olhares das pessoas que, no momento, por ali passavam.

Antonio Machado de Castro, até então sócio de seu cunhado, por causa do grande prejuízo, ou quiçá, por causa de sua transferência para os quadros de funcionários da CVRD desfez-se da sociedade, deixando Olintão, sozinho no comando do empreendimento. Este cidadão, após se safar do grande susto e do prejuízo com muita garra e vontade de vencer obstáculos, tão logo alugou uma sala no Edifício Mafra, sala esta de propriedade do dentista Álvaro Alvarenga e, após os ajustes necessários, nela inaugurou a nova sede do “Bar e Restaurante Santo Antonio”, ali permanecendo por um bom tempo.

Todavia, por ironia do destino, nesta mesma época vieram para Itabira algumas empreiteiras para prestar serviços na CEMIG e CRVD, dentre elas a ESCELSA e o Bar e Restaurante Santo Antonio deu início ao fornecimento de refeições a seus funcionários.

Nesta mesma época aportaram em Itabira, 20 ou 30 novos funcionários da EFVM que, fizeram do Bar e Restaurante Santo Antonio seus portos seguros da alimentação. Com isso, a fama do local foi crescendo cada vez mais, tornando-se ponto de referência a todos os viajantes que aqui faziam seus pontos de negócios, lá participando dos manjares do almoço ou do jantar. Como o espaço era pequeno, Olintão tomou a iniciativa em comprar sete novas salas no Edifício Mafra, com isso ampliando seus negócios.

Olintão, percebendo que seu emprego na CVRD impossibilitava-o de uma maior assistência ao Bar e Restaurante solicitou dispensa da empresa e, imediatamente assumiu o controle total do empreendimento, comprando um lote, na época, lote vago, em frente ao Edifício Mafra, pois percebera também que o movimento no Bar provocava muito barulho e algazarras no prédio, incomodando os proprietários de apartamentos ali residentes. Com o tempo construiu a nova sede do restaurante. Na parte inferior instalou-se o Bar e Restaurante e na parte superior um grande salão com uma varanda de frente para a rua com o fito de ser um local com música ao vivo.

O sucesso foi absoluto. Olintão transferiu o Bar e Restaurante da parte de baixo do prédio para a parte superior, transformando-o num só local e, ao mesmo tempo denominou-o: “Churrascaria Varanda”, onde todos que lá frequentavam fossem-lhes servido o famoso churrasco no espeto, criação da casa. Outro grande sucesso.

Com a privatização da CVRD em 1997, muitas outras novidades apareceram no ramo dos bares e restaurantes, dentre eles o self service, o comida à quilo, os marmitex e os boxies, hoje em dia muito usuais, facilitando a vida dos clientes e Olintão, agora já com a companhia de seus filhos Pedro e Gláucia acompanhara as novidades.

Em 2013 Olintão sofreu um AVC. Após um período de intenso tratamento e em recuperação, seus filhos, Pedro e Gláucia assumiram a administração da Churrascaria Varanda, sob os olhares do pai, sempre presente, e quando em condições físicas participando das atividades inerentes. Pedro e Gláucia sempre procuram criar, inovar e encantar o público no dia a dia sob a presença indispensável do pai, com certeza.

Vale assinalar, na oportunidade do Jubileu de Ouro da Churrascaria Varanda, a inafastável conduta de seus atuais dirigentes dos roteiros traçados por Olinto Fortunato dos Santos, fatos estes importantes, pois deles resultam a credibilidade e respeitabilidade que a “Churrascaria Varanda” alcançou junto aos cidadãos e clientes, bem como a toda sociedade itabirana. Parabéns à jovem cinquentona, Churrascaria Varanda, esta cada vez mais presente e mais moderna. Em tempo parabenizo também ao Délcio, eterno e fiel garçom, braço direito do Olintão desde os primeiros dias até aposentar-se. Este funcionário e outros tantos colegas inominadas que, com garra, simpatia, presteza e abnegação trabalharam na construção dessas Bodas de Ouro, ora concretizadas. Parabéns.








agnaldo
INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2017. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.