AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, quarta, 20 de setembro de 2017 Hora: 20:09 Compra dólar: R$ 3,128
Venda dólar: R$ 3,130
Converter dólar em reais: 0.00 reais.
18 ºC
Velocidade do vento: 17.70 km/h
Nascer do Sol: 5:45 am e pôr do Sol: 5:48 pm

COLUNISTAS
Marcos Gabiroba e a crônica da semana “para que serve o horizonte se nossas xícaras estão vazias”
04/07/2017

Semana passada, abordei neste espaço, a possível transferência de todo aparato policial civil para a antiga sede do Real Campestre Clube. Impressionou-me a repercussão do artigo lido pela Rádio Pontal FM. A resposta foi verdadeira do povo, aquele povo, o único que será indubitavelmente o prejudicado. Respostas simples e objetivas de quem terá que andar ou pegar ônibus até o novo local. Na opinião do articulista, esta é uma decisão irracional por quem de direito assim deseja essa transferência. Mas como disse certa vez o poeta, “existem razões que a própria razão desconhece”, não é mesmo?

Mas o que me chamou mais a atenção foi o silêncio da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), 52ª Subseção da urbe, comandada pelo advogado, Geraldo Menezes de Almeida e seus companheiros de diretoria, bem como as demais instituições organizadas da cidade, tais como: Rotary Clube, Lions, CDL ACITA, associações de amigos de bairro, clube de mães, Interassociação, partidos políticos, vereadores, sindicatos e, principalmente nosso deputado estadual, que mantêm um silêncio sepulcral. Por quê? Estão todos, como se diz na gíria, com o rabo preso com o delegado regional em sua pretensão esdrúxula e irracional? Ou talvez, têm olhos de lince, enquanto este cronista está enxergando sob forte miopia e catarata?

Isto me faz lembrar uma velha e conhecida história que meu inesquecível pai contava quando criança. Dizia ele que certa vez, um discípulo chegou a um templo e pediu para falar com o monge superior porque, segundo seu ponto de vista, havia uma coisa na criação que não tinha nenhum sentido. O monge atendeu-o de imediato, curioso por saber qual era a falha que havia na criação.

- Senhor, a natureza é muito bonita, muito funcional, cada coisa tema sua razão de ser, mas no meu ponto de vista, há uma coisa que não serve para nada – disse o discípulo.

– E que coisa é essa que não serve para nada – perguntou o monge. - É o horizonte.

Para que serve o horizonte? Se eu caminho um passo em direção ao horizonte, ele se afasta um passo de mim. Se caminhar dez passos, ele se afasta outros dez passos. Se caminhar quilômetros em direção ao horizonte, ele se afasta os mesmos quilômetros de mim... Isso não faz sentido! O horizonte não serve para nada... O monge olhou para aquele iniciado, sorriu e disse: - Mas é justamente para isto que serve o horizonte: para fazê-lo caminhar.

Pois é, amigos, a dúvida daquele iniciante, hoje em dia são nossas dúvidas. Seria pertinente essa transferência de todo aparato policial civil para tão longe do centro da cidade quando possuímos, no centro da urbe, meios práticos para a consecução dos objetivos pessoais do delegado Regional? Esta é uma pergunta que não se cala. Seria muito fácil calar-me neste momento quando deveriam surgir movimentos populares contra essa decisão. Perde-se tempo com movimentos como o “Fora Temer”, “Somos contra a modernização da Legislação Trabalhista” ou “Somos contra a reforma da Previdência”, para defender privilégios e outras mumunhas mais e esquecer essa transferência que machuca muito mais o povo desprotegido?

Prefeito Ronaldo Magalhães, Presidente da Câmara, jovem promissor político Neidson Freitas, Presidentes dos Sindicatos em Itabira situados, Associações de toda espécie existentes, Ministério Público e autoridades constituídas, igrejas de toda espécie que vivem participando de movimentos sociais, deputado estadual, Nozinho Barcelos, digno representante da Terra de Tutu Caramujo na Assembleia Legislativa, eleito com uma margem de votos estrondosa no município, por quê esse silencio e ninguém se posiciona a favor do povo? Estranho né...?

Para finalizar nosso encontro de hoje narro-lhes esta pequena história: “Um guerreiro famoso por sua inteligência foi até um mestre zen a fim de aprimorar sua sabedoria.

Ao chegar à casa do mestre ele o saudou dizendo: - Mestre, vim até aqui para aprimorar meu espírito.

O mestre olhou-o e convidou-o para tomar chá. Já dentro da casa, o mestre ajoelhou- se e convidou o guerreiro para que fizesse o mesmo e foi despejando o chá dentro da xícara do guerreiro sem pronunciar uma só palavra. À medida que a xícara se enchia, o mestre continuava a despejar, sem dar sinais de que pararia com aquela ação, até que a xícara se encheu e transbordou, e mesmo assim o mestre não parava de despejar o chá, que, a esta altura, transbordava da xícara. Diante disso, o guerreiro, espantado, indagou ao mestre: - Mestre perdoe-me, mas o senhor não está vendo que a xícara está cheia? O mestre apenas levantou os olhos e respondeu: - Sim, já havia percebido,

porém, assim como esta xícara que está cheia, você também está cheio de si e eu nada posso acrescentar-lhe.

Amigos e ouvintes, talvez eu, um escriba das arábias esteja neste contexto, deslocado da uma realidade que não conheço, porém, é de bom alvitre que tenhamos um pouco de humildade. Quiçá, o delegado regional de polícia civil esteja coberto de razões que, nós os incrédulos da vida ainda não tivemos a oportunidade para aprimorar nosso espírito. Mas, olhando para o lado das facilidades do povo, o único que nesta transferência será o eterno prejudicado, volto a bater na tecla: por que não voltar atrás e verificar o prédio do antigo Fórum Desembargador Drummond, ali no bairro do Pará para consecução desses novos objetivos? Prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém, pois, quem não vive para servir, não serve para viver, não é mesmo?

Pense nisso, pois facilitar ainda é melhor do que complicar. Tenho dito.








agnaldo
INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2017. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.