AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, sábado, 16 de dezembro de 2017 Hora: 20:12 Compra dólar: R$ 3,307
Venda dólar: R$ 3,309
Converter dólar em reais: 0.00 reais.
22 ºC
Velocidade do vento: 6.44 km/h
Nascer do Sol: 6:9 am e pôr do Sol: 7:28 pm

POLITÍCA
Paralisação Esporte e Lazer Ronaldo Magalhães anuncia novos cortes na Prefeitura
30/11/2017

No final da manhã desta quinta-feira (30), o prefeito Ronaldo Magalhães reuniu novamente a imprensa para anunciar mais demissões na administração pública.

Em novo balanço realizado pelo Governo Municipal, além das 40 exonerações – incluindo todos os secretários adjuntos – informadas hoje, o principal corte será na Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (SMELJ) que, a partir dessa sexta-feira (1º/12), cessará suas atividades até 2019. “A partir de amanhã encerraremos as atividades da Secretaria de Esporte e Lazer e durante o ano de 2018 ela ficará ‘hibernada’”, anunciou o prefeito que, justificou a medida, como tentativa para zerar o deficit mensal nas contas públicas.

De acordo com Ronaldo Magalhães, a paralisação da SMELJ irá contribuir com a redução de custos, já que apenas um setor da pasta será agregado à Secretaria Municipal de Educação (SME). “Nós estamos levando um departamento para a Secretaria de Educação e se em 2019 tivermos uma boa perspectiva, poderemos retornar com ela (SMELJ)”.

O prefeito ressaltou também, que ações voltadas ao esporte, lazer e juventude continuarão com apoio. “Sabemos que o esporte é fundamental para o desenvolvimento das nossas crianças, assim como necessário para a saúde da população. O apoio à pasta continuará, mas com as ações que a Secretaria de Educação desenvolver”. Ainda segundo ele, as 40 exonerações somadas à suspensão dos trabalhos da SMELJ garantirão uma economia de R$ 300 mil por mês. Questionado sobre as demissões dos secretários adjuntos, o prefeito afirmou que “todos serão exonerados e, alguns, muito poucos, serão aproveitados em cargos menores”.

O prefeito salientou ainda, que decisões continuarão sendo tomadas para manter os pagamentos em dias, como os salários dos servidores, por exemplo. “O mais difícil para reduzir custeio é quando chegamos em pessoas. Isso machuca muito porque você está dispensando pais e mães de família. Mas, chega um ponto, que temos que tomar a decisão, você precisa escolher entre encerrar o contrato com um hospital e prejudicar uma população inteira ou dispensar pessoas. É lógico que não vamos fechar hospital”, lamentou Ronaldo.

Em tempo – No começo deste ano, a extinção de 112 cargos comissionados, solicitada pelo prefeito Ronaldo Magalhães, foi aprovada pelos vereadores. Em seguida, a equipe econômica da Prefeitura acabou com 65 cargos na Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA) provenientes da Associação dos Produtores Rurais de Itabira (Aprir).

Já no começo de novembro, o Governo encerrou o contrato com a empresa Conservo, prestadora de serviços terceirizados para o Município, demitindo 302 pessoas. Além de outras sete pessoas da empresa Atrativa, que também foram exoneradas. Somando as 40 exonerações de hoje, foram extintos 526 cargos em 2017. Gerando, assim, uma economia de mais de R$ 3,5 milhões por ano.








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2017. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.