AS Notícias Online
HOME ESPORTE GERAL POLÍCIA POLÍTICA EMPREGOS MULHERES AGENDA COLUNISTAS FOTOS VÍDEOS CONTATO
Boa noite - Itabira, sábado, 16 de dezembro de 2017 Hora: 20:12 Compra dólar: R$ 3,307
Venda dólar: R$ 3,309
Converter dólar em reais: 0.00 reais.
22 ºC
Velocidade do vento: 6.44 km/h
Nascer do Sol: 6:9 am e pôr do Sol: 7:28 pm

ESPORTE
Com golaço de Arrascaeta, Cruzeiro vence o Atlético-PR no Mineirão
06/11/2017

Fotos: Washington Alves/Cruzeiro

Da redação

Angel Drumond

No dia da estreia do terceiro uniforme, o Cruzeiro venceu mais uma partida pelo Campeonato Brasileiro. A vítima celeste desta vez foi o Atlético-PR que foi superado pelo placar de 1 a 0, com um golaço do uruguaio De Arrascaeta. A partida foi válida pela 32ª rodada da competição nacional.

Sem tempo para descanso, a Raposa se reapresenta nesta segunda-feira e já inicia os preparativos para a partida desta quarta-feira, contra o Flamengo, às 21h45, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro.

O Jogo

A primeira jogada de perigo da partida aconteceu em um escanteio cobrado por Thiago Neves, aos oito minutos. De Arrascaeta desviou na primeira trave e a zaga afastou o perigo dentro da pequena área.

Aos 12 minutos, o Cruzeiro voltou a atacar com perigo. Rafinha avançou pela esquerda e tocou para o meio, Robinho ajeitou na entrada da área e De Arrascaeta arriscou para a boa defesa de Weverton.

A Raposa buscava o primeiro gol na partida e por pouco não abriu o placar aos 27 minutos. Rafinha tabelou com Diogo Barbosa e cruzou na área, a zaga adversária afastou o perigo e Robinho pegou de primeira, mas a bola foi por cima da meta de Weverton.

O Atlético-PR chegou com perigo aos 37 minutos. Guilherme fez boa jogada e lançou Ribamar, o centroavante bateu a direita do gol defendido por Fábio.

De tanto procurar o gol, a Raposa achou, aos 40 minutos. Robinho fez grande lançamento para De Arrascaeta, o uruguaio recebeu dentro da área, deu um corte no zagueiro e bateu com curva, no canto esquerdo de Weverton. Golaço. 1 a 0 Cruzeiro.

No último lance do primeiro tempo apareceu mais uma vez a estrela do goleiro Fábio. Sidcley cruzou pela esquerda, Ribamar matou no peito e de bicicleta mandou para o gol, Fábio, o melhor goleiro do Brasil, fez excelente defesa para escanteio.

Segundo Tempo

O segundo tempo iniciou com o Cruzeiro buscando ampliar o placar. Rafinha chegou com perigo aos quatro minutos. O meia-atacante fez boa jogada pela esquerda, passou pelo seu marcador e arriscou com muito perigo para a meta de Weverton.

De novo Rafinha. Aos 11 minutos, o cruzeirense pegou o rebote da zaga, driblou o marcador e acertou outro belo chute para o gol. Weverton saltou e fez grande defesa, no rebote a zaga afastou para escanteio.

O Atlético-PR buscava o empate e por pouco não conseguiu aos 40 minutos. Sidcley armou o cruzamento, a bola fez uma curva e por pouco não entrou, Fábio, mais uma vez, fez grande defesa e evitou o empate.

Fim de jogo, outra boa vitória da equipe celeste dentro do Mineirão!

CRUZEIRO 1 X 0 ATLÉTICO-PR
Motivo: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 05/11/2017 (domingo)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Renda: R$ 144.047,00
Público Presente:  10.845
Público pagante: 8.157
Gols:  De Arrascaeta aos 40 minutos do 1º tempo.
Árbitro:  Marcelo Aparecido de Souza
Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Manoel, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Silva, Rafinha (Rafael Marques) e Thiago Neves (Alisson); Robinho e De Arrascaeta (Jonata).
 Técnico: Mano Menezes
Atlético-PR: Weverton, Jonathan, Wanderson, Paulo Andrée Fabrício, Pavez (Ederson), Lucho González (Mateus Rosseto) e Guilherme, Lucas Fernandes (Pablo), Ribamare Sidcley
Técnico: Fabiano Soares
Cartões amarelos:  Rafinha (Cruzeiro); Sidcley, Pavez (Atlético-PR)

www.cruzeiro.com.br








INFORMAÇÃO COM RESPONSABILIDADE! Whatsapp: (31) 9 8863-6430
E-mail: contato@asnoticiasonline.com.br
AS Notícias Online 2017. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvedor: SITE OURO

Copyright © 2017 - AS Notícias Online - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização.